SETEMBRO AMARELO – Ajude alguém a não desistir da Vida!

 

O suicídio é um fenômeno complexo, multifacetado e de múltiplas determinações que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero. Não há uma fórmula para detectar seguramente quando uma pessoa está vivenciando uma crise suicida, ou tem tendência suicida. No entanto, um indivíduo em sofrimento pode apresentar certos sinais como:

• Aparecimento ou agravamento de problemas de conduta ou de manifestações verbais durante pelo menos duas semanas;
• Preocupação com sua própria morte ou falta de esperança;
• Expressão de ideias ou de intenções suicidas;
• Isolamento;
• Problemas decorrentes de orientação sexual e identidade de gênero;
• Agressões psicológicas e/ou físicas;
• Sofrimento no trabalho;
• Diminuição ou ausência de autocuidado;
• Conflitos familiares;
• Perda de um ente querido;
• Doenças crônicas, dolorosas e/ou incapacitantes.

A prevenção ao suicídio é possível através da observação dos sinais de alerta descritos acima, que não devem ser considerados isoladamente. Estes fatores que vulnerabilizam o indivíduo, ainda que não possam ser considerados como determinantes para o suicídio, devem ser levados em consideração, principalmente se o indivíduo apresenta outros sinais de alerta. (FONTE: http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/suicidio)

O Instituto de Ensino Superior Franciscano – IESF através do Núcleo Integrado de Gestão e Acompanhamento Psicopedagógico – NIGAPp,desde 2017, realiza o Plantão Psicológico como uma das ações de Responsabilidade Social. Até 2018, 241 pessoas da comunidade foram atendidas no mês de setembro, no qual se referencia o combate e prevenção ao suicídioconhecido como Setembro Amarelo

Em 2019, o plantão psicológico acontecerá no período de 09 a 30 de setembro, de segunda a quinta-feira, no horário de 14h30 às 17h30Dentro dessa ação, haverá também o trabalho de conscientização que será realizado pelos alunos da turma do 2º período do curso de Enfermagem sob a orientação da Profª Ma. Dayanna Gomes.