Aula Magna do Curso de Bacharelado em Direito

O Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF) promove no dia 27 de fevereiro, a Aula Magna para convidados e alunos do Curso de Bacharelado em Direito da Instituição. A cerimônia acontecerá às 19 horas, no auditório localizado no Prédio Anexo do IESF.
O objetivo da Aula Magna é apresentar aos alunos ingressantes os componentes curriculares e funcionamento do curso. Este momento marcará o início do ano letivo e atividades dos discentes. Para palestrar no dia, foi convidado o Professor  Dr. Roberto Carvalho Veloso, Doutor em Direito e Juiz do Tribunal Federal da 1ª Região, que proferirá a palestra de tema “Necessárias ou nocivas: propostas do Governo Federal para o enfrentamento da violência”.

De acordo com o Coordenador do Curso, o Advogado e Professor Antônio de Pádua Cortez Moreira Júnior, o convite ao Prof. Dr. Roberto se deu por seu comprometimento enquanto docente universitário e por ser um dos juristas mais renomados do Maranhão.”Pensamos na pessoa do Prof. Dr. Roberto por diversos motivos. É um dos mais renomados e importantes juristas do nosso Estado, ativo tanto no desenvolvimento da ciência jurídica através das suas atividades docentes na UFMA, quanto na prática jurídica, por meio de sua atuação como magistrado no Tribunal Regional Federal da 1° Região, com competência e compromisso com a sociedade.”

O tema da palestra foi sugerido pelo próprio convidado, onde serão abordados o combate, tanto da corrupção como da violência, sendo estes alguns dos principais anseios da sociedade, e, também, por ser proposta do Governo Federal para uma reforma profunda na legislação.

“Trazer este tema para nossos discentes no momento em que ingressam na vida acadêmica é uma forma de envolvê-los desde logo nas discussões atuais do mundo jurídico”, afirmou o Prof. Antônio de Pádua, que acredita que a presença do Prof. Dr. Roberto Veloso será uma inspiração aos novos discentes desta Instituição.

O Curso de Bacharelado foi autorizado com nota 4 (escala de 1 a 5) no final de 2018 e tem seu funcionamento regido pela Portaria Ministerial de N°904, de 24 de dezembro de 2018.