Semana do Microempreendedor individual – MEI

 

A Coordenação e alunos do curso de Ciências Contábeis trabalharão no período de 21 a 28 de setembro num cronograma de atividades de conscientização denominada Semana do Microempreendedor Individual (MEI). As atividades iniciam hoje, 21, com a palestra “A importância da Responsabilidade Fiscal diante dos desafios das novas tecnologias” com o  Auditor Fiscal, o Prof Fernando Resende. No sábado, os alunos realizarão a “Caminhada do Formalize-se ao MEI” para conversar com os profissionais informais que trabalham na feira do Maiobão, com o intuito de apresentar as vantagens e benefícios de se formalizar. Os atendimentos a esses profissionais serão realizados no período de 24 a 28 de setembro, das 14h às 18h, no prédio sede .

 É importante saber que o MEI foi criado no Brasil para que os trabalhadores informais estejam dentro da legalidade e principalmente para provar que o trabalho formal é muito mais rentável do que trabalho informal.

Quais são os benefícios de abrir MEI?
A formalização traz vantagens para o MEI como empresário, pessoa física e para a sua família.

Benefícios para o MEI empresário:

  • Ter um CNPJ e produtos e serviços bancários como pessoa jurídica
  • Poder usar meios de pagamentos digitais, como boleto e máquina de cartão de crédito e débito
  • Segurança para desenvolver sua atividade de maneira formal e dentro da legalidade
  • Melhores negociações com fornecedores
  • Emitir nota fiscal
  • Dispensar a formalidade de escrituração fiscal e contábil
  • Fornecer produtos e serviços a órgãos públicos, como prefeitura

Para a Pessoa Física, os benefícios para o MEI é a cobertura da Previdência Social e, com isso, ter direito a benefícios da aposentadoria por idade e invalidez, auxílio doença e salário maternidade.
Já para a família do MEI, a formalização garante acesso aos benefícios previdenciários, como pensão por morte e auxílio reclusão.